Perfil de Indústria

Perfil da Indústria

Em Rondônia, Estima-se que até Fevereiro de 2024, o setor de indústria exista 18.087 empresas cadastrada na receita federal, o que equivale a 8% do total de empresas do Estado.


Assunto disponibilizado por:

Sebrae em Rondônia

Unidade de Atendimento e Relacionamento com o Cliente

Núcleo de Inovação, Competitividade e Inteligência de Dados


 


Índice

Quantas empresas existem do setor da indústria em Rondônia?

Qual o percentual de empresas do setor da indústria de Rondônia são pequenos negócios (MEI, ME, EPP)?

Como é o percentual de tendência das empresas do setor de indústria em Rondônia?

Quais Cnae´s que mais existem empresas abertas em Rondônia do setor de indústria?

Quantos empregos o setor de indústria gera em Rondônia?

Quantas empresas existem do setor da indústria em Rondônia?

Em Rondônia, Estima-se que até Fevereiro de 2024, o setor de indústria exista 18.087 empresas cadastrada na receita federal, o que equivale a 8% do total de empresas do Estado. Já de empresas ativas existem precisamente 11.886 o que equivale a 8% das empresas ativas.[2]

Quantidade de empresas em Rondônia, Sebrae RO,
2024

Qual o percentual de empresas do setor da indústria de Rondônia, são pequenos negócios (MEI,ME,EPP)?

Em Rondônia, 94% das empresas ativas do setor de indústria são de pequenos negócios (MEI,ME, EPP). Sendo em maior quantidade o número de MEI e ME com 57% e 31% respectivamente.

Percentual de Pequenos Negócios em Rondônia, Sebrae RO,
2024

[4]

MEI-Microempreendedor individual

ME- Microempresas

EPP- Empresas de pequeno porte

 

Como é o percentual de tendência das empresas do setor da indústria em Rondônia?

[4] De Fevereiro 2024, o setor de indústria em Rondônia apresentou o saldo acumulado positivo de empresas abertas de 11.886. Com taxa de tendência de 30,43% desde 2019.

 

Crescimento do número de empresas em Rondônia, Sebrae RO,
2024

[4]

Quais Cnae´s que mais existem empresas abertas do setor de indústria, em Rondônia ?

Em Rondônia, de 11.886 empresas ativas do setor de indústria as cincos mais abertas são:

Cnaes com mais empresas abertas em Rondônia, Sebrae RO,
2024

 

[4]

 

Quantos empregos o setor da indústria gera em Rondônia?

 
Em Dezembro de 2023, Rondônia, o setor de indústria apresentou um Saldo Acumulado de 1.330 admissões e 1.760 de desligamentos, fechando com o saldo de -430 de empregos.[3]

Índice de empregos em Rondônia,(CAGED),2023

[1]Referências

[2]Receita Federal do Brasil – RFB

[3]Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED)

[4]Cadastro Sebrae de Empresas – CSE

Baixe o conteúdo em pdf no link a seguir

Perfil de Indústria

Perfil de Setor de Comércio

Em Rondônia, Estima-se que até Fevereiro de 2024, o setor de comércio exista 85.869 empresas cadastrada na receita federal, o que equivale a 40% do total de empresas do Estado.


Assunto disponibilizado por:

Sebrae em Rondônia

Unidade de Atendimento e Relacionamento com o Cliente

Núcleo de Inovação, Competitividade e Inteligência de Dados


 


Índice

Quantas empresas existem do setor da comércio em Rondônia?

Qual o percentual de empresas do setor da comércio de Rondônia são pequenos negócios (MEI, ME, EPP)?

Como é o percentual de tendência das empresas do setor de comércio em Rondônia?

Quais Cnae´s que mais existem empresas abertas em Rondônia do setor de comércio?

Quantos empregos o setor de comércio gera em Rondônia?

Quantas empresas existem do setor de comércio em Rondônia?

Em Rondônia, Estima-se que até Fevereiro de 2024, o setor de comércio exista 85.869 empresas cadastrada na receita federal, o que equivale a 40% do total de empresas do Estado. Já de empresas ativas existem precisamente 53.252 o que equivale a 36% das empresas ativas[2]

Quantidade de empresas em Rondônia, Sebrae RO,
2024

Qual o percentual de empresas do setor da comércio de Rondônia são pequenos negócios (MEI,ME,EPP)?

Em Rondônia, 95% das empresas ativas do setor de comércio, são de pequenos negócios (MEI,ME, EPP), sendo em maior quantidade o número de MEI e ME com 45% e 42% respectivamente.

Percentual de Pequenos Negócios em Rondônia, Sebrae RO,
2024

[4]

MEI-Microempreendedor individual

ME- Microempresas

EPP- Empresas de pequeno porte

 

Como é o percentual de tendência das empresas do setor da comércio em Rondônia?

[4] De fevereiro 2024, o setor de comércio em Rondônia apresentou o saldo acumulado positivo de empresas abertas de 85.869 e com uma taxa de tendência de 23,59% desde 2019.

 

Crescimento do número de empresas em Rondônia, Sebrae RO,
2024

[4]

Quais Cnae´s que mais existem empresas abertas do setor de comércio, em Rondônia ?

Em Rondônia, de 55.542 empresas ativas do setor de comércio as cincos mais abertas são:

Cnaes com mais empresas abertas em Rondônia, Sebrae RO,
2024

 

[4]

 

Quantos empregos o setor da comércio gera em Rondônia?

 
Em Dezembro de 2023, Rondônia, o setor de comércio, apresentou um saldo acumulado de 3.767 admissões e 3.765 de desligamentos, fechando com o saldo de 2 de empregos.[3]

Índice de empregos em Rondônia,(CAGED),2023

[1]Referências

[2]Receita Federal do Brasil – RFB

[3]Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED)

[4]Cadastro Sebrae de Empresas – CSE

[5]Data Sebrae

Baixe o conteúdo em pdf no link a seguir

Perfil de Comércio

Perfil do Setor de Serviço Rondônia 2024

Em Rondônia, Estima-se que até Fevereiro de 2024, o setor de serviço exista 95.053 empresas cadastrada na receita federal, o que equivale a 44% do total de empresas do Estado.

Neste assunto, serão apresentadas as principais característica de setor em Rondônia


Assunto disponibilizado por:

Sebrae em Rondônia

Unidade de Atendimento e Relacionamento com o Cliente

Núcleo de Inovação, Competitividade e Inteligência de Dados


 


Índice

Quantas empresas existem do setor da serviço em Rondônia?

Qual o percentual de empresas do setor da serviço de Rondônia são pequenos negócios (MEI, ME, EPP)?

Como é o percentual de tendência das empresas do setor de serviço em Rondônia?

Quais Cnae´s que mais existem empresas abertas em Rondônia do setor de serviço?

Quantos empregos o setor de serviço gera em Rondônia?

Quantas empresas existem do setor de serviço em Rondônia?

 

Em Rondônia, Estima-se que até Fevereiro de 2024, o setor de serviço exista 95.053 empresas cadastrada na receita federal, o que equivale a 44% do total de empresas do Estado. Já de empresas ativas existem precisamente 68.318 o que equivale a 47% das empresas ativas

[2]

Quantidade de empresas rondônia, Sebrae RO,2024

 

Qual o percentual de empresas do setor da serviço de Rondônia são pequenos negócios (MEI,ME,EPP)?

[4]

Em Rondônia, 81% das empresas ativas do setor de serviço são de pequenos negócios (MEI,ME, EPP), sendo em maior quantidade o número de MEI e ME com 46% e 29% respectivamente.

Percentual de pequenos negócios em Rondônia, Sebrae RO,2024

MEI-Microempreendedor individual

ME- Microempresas

EPP- Empresas de pequeno porte

 

Como é o percentual de tendência das empresas do setor da serviço em Rondônia?

[4]

De fevereiro 2024, o setor de serviços em Rondônia, apresentou saldo acumulado positivo de empresas abertas de 95.053. Com uma taxa de tendência de 19,43% desde 2019.

Crescimento do número de empresas em Rondônia, Sebrae RO,2024

[4]

 

Quais cnaes com mais empresas do setor da serviço em Rondônia?

Em Rondônia, de 68.318 empresas ativas do setor de serviço as cincos mais abertas são:

Cnaes com mais empresas abertas em Rondônia, Sebrae RO,
2024

 

Quantos empregos o setor da serviço gera em Rondônia?

[3]

Em Dezembro de 2023, Rondônia, o setor de serviço apresentou um saldo acumulado de 3.199 admissões e 4.073 de desligamentos, fechando com o saldo de -874 de empregos.

Índice de empregos em Rondônia,(CAGED),2023

[1]Referências

[2]Receita Federal do Brasil – RFB

[3]Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED)

[4]Cadastro Sebrae de Empresas – CSE

[5]Data Sebrae

Baixe o conteúdo em pdf no link a seguir

Perfil de Serviços

Jornada da Inovação

O que é a Jornada da Inovação?

Um movimento para democratizar e interiorizar a inovação no Brasil, fortalecendo a ideia de que é acessível para todos os portes de empresa, independentemente de sua natureza, setor ou origem geográfica.

A Jornada da Inovação alcança pessoas e empresas por meio da realização de iniciativas presenciais e online relacionadas à temática de inovação. São seminários, webinars, oficinas, cursos e muitas outras iniciativas de curta duração, movimentando municípios em todo o país.

Em 2020, alcançamos 4.616 municípios brasileiros (83% do total do país) com 42.388 iniciativas de inovação. Assim, 283.744 clientes puderam estar mais perto de sua melhor versão.

Jornada da Inovação no Brasil – 2021

50.844

Iniciativas de Inovação

4.693

Municípios alcançados

112.169

Pequenos negócios participantes

Quem já viu acontecer…

Eu vi inovação quando uma empresa de Piúma (ES) que vendia roupas no porta a porta,
obteve aumento significativo em suas vendas no ambiente digital.
​”
Musa Favoretti | Sebrae/ES

Eu vi inovação em uma empresa de Boa Vista (RR) que vende instrumentos musicais
e aumentou seus fluxo de clientes abrindo espaço com palco,
para os músicos locais utilizarem para realização de lives.
​”
​Itamira Soares​ | Sebrae/RR

Eu vi inovação quando uma empresa de vestuário no sertão alagoano criou o seu e-commerce e
incrementou as suas vendas com um novo produto: o pão de alho!
Passando a ser referência local também deste segmento alimentício, adaptando totalmente seu modelo de negócio.
​”
​Liza Myrella Cavalcante Melo Bádue | Sebrae/AL ​

Vi inovação quando uma pequena indústria produtora de açaí congelados da cidade de Rio Verde/GO conseguiu melhorar
a modelagem de seu negócio depois de ter participado do Bootcamp no Sebrae Goiás.​
​”
​Athos Vinicius Valladares Ribeiro | Sebrae/GO​​

Artesanato

Perguntas e Respostas

Perfil demográfico dos artesãos

Principais necessidades dos artesãos

Produtos

Formalização

Artesanato e meio ambiente

Clientes de artesanato

Vendas

Divulgação

O Sebrae no contexto do artesanato


Perfil demográfico dos artesãos

Qual é a idade média dos artesãos?
Qual o perfil de artesãos, com relação ao sexo?
Qual o perfil de artesãos, com relação ao estado civil?
Qual o perfil de capacitação dos artesãos?
Qual é a proporção de artesãos que atuam em suas atividades há mais de 10 anos?
Qual é a relação entre horas trabalhadas diariamente e grau de escolaridade dos artesãos?
Dentre artesãos que possuem como principal fonte de renda o artesanato, qual a proporção de nível de escolaridade dominante?
Qual é a proporção de artesãos que possuem o artesanato como principal fonte de renda?
Qual é a quantidade de familiares que auxiliam na produção artesanal?


Qual é a idade média dos artesãos

A faixa etária mais comum entre os artesãos é entre 50 e 64 anos (41%), seguida de 40 a 49 anos (27%). Nota-se que 80% dos artesãos do Brasil possuem 40 anos ou mais.

Qual o perfil de artesãos, com relação ao sexo?

A grande maioria dos artesãos brasileiros é do sexo feminino (77%).

Qual o perfil de artesãos, com relação ao estado civil?

Mais da metade do artesãos são casados (60%), pouco mais de um quinto é solteiro (21%), 10% são separados, 7% viúvos e 2% se encontram em união estável.

Qual o perfil de capacitação dos artesãos?

Em geral, 2 em cada 3 artesãos já realizaram algum curso (66%), consultoria ou participaram de eventos voltados para o artesanato. Observa-se que a quantidade de anos de estudo é um aspecto relevante na tomada desse tipo de decisão.

Qual é a proporção de artesãos que atuam em suas atividades há mais de 10 anos?

Cerca de 72% dos artesãos brasileiros atuam na área há mais de 10 anos, o que pode significar a falta de renovação ou desinteresse dos mais jovens.

Qual é a relação entre horas trabalhadas diariamente e grau de escolaridade dos artesãos?

A quantidade de horas trabalhadas apresenta uma forte correlação com o grau de instrução, sinalizando a dependência da própria atividade econômica e também a necessidade de apoio.

Dentre artesãos que possuem como principal fonte de renda o artesanato, qual a proporção de nível de escolaridade dominante?

Grande parte dos artesãos que têm o artesanato como principal fonte de renda possuem um grau de escolaridade reduzido, sendo que quase um terço deles (31%) não possui nível fundamental completo.

Qual é a proporção de artesãos que possuem o artesanato como principal fonte de renda?

3 em cada 5 entrevistados têm o artesanato como principal fonte de renda (60%)

Qual é a quantidade de familiares que auxiliam na produção artesanal?

A participação dos ‘familiares’ na produção é uma característica presente no processo de 1 de cada 3 artesãos entrevistados.

Referências

Pesquisa com comerciantes de Artesanato. Sebrae, 2013.
Pesquisa “O Artesão Brasileiro”. Sebrae, 2013.

Relatórios completos

Pesquisa com comerciantes de Artesanato. Sebrae, 2013.
Pesquisa “O Artesão Brasileiro”. Sebrae, 2013.

Principais necessidades dos artesãos

Quantos artesãos já utilizaram ou pretendem realizar financiamento ou empréstimo para sua produção?
Qual é a maior necessidade de capacitação apontada pelos artesãos?
Quais são as maiores dificuldades enfrentadas pelos artesãos?


Quantos artesãos já utilizaram ou pretendem realizar financiamento ou empréstimo para sua produção?

O distanciamento do perfil entrevistado do sistema financeiro é expressivo no que diz respeito ao financiamento da produção artesanal, o que de certa forma confirma o caráter amadorístico da atividade. Dos entrevistados, apenas 19% já realizaram financiamento ou empréstimo e, entre os que não o fizeram, mais da metade afirmou não ter a intenção de fazê-lo até o ano seguinte (57%).

Qual é a maior necessidade de capacitação apontada pelos artesãos?

A capacitação nos aspectos financeiros (20%) e de produção (20%) são as mais necessárias, segundo os artesãos. Nota-se que 19% deles não sentem necessidade de capacitação alguma.

Quais são as maiores dificuldades enfrentadas pelos artesãos?

Conforme o entendimento dos entrevistados, os maiores problemas do artesanato seriam de diferentes naturezas, sendo o mais notável deles a comercialização dos produtos (29%).

Referências

Pesquisa com comerciantes de Artesanato. Sebrae, 2013.
Pesquisa “O Artesão Brasileiro”. Sebrae, 2013.

Relatórios completos

Pesquisa com comerciantes de Artesanato. Sebrae, 2013.
Pesquisa “O Artesão Brasileiro”. Sebrae, 2013.

Produtos
Qual é o grau de diversidade de produtos disponibilizados?
Quais são as principais matérias primas utilizadas na produção artesanal?


Qual é o grau de diversidade de produtos disponibilizados?

Há uma grande variedade na natureza dos produtos produzidos por artesãos. A categoria mais representativa (roupas de cama, mesa e banho), representa 17% do que é disponibilizado, seguida de bijuteria e acessórios (12%) e jogos de cozinha (11%).

Quais são as principais matérias primas utilizadas na produção artesanal?

As matérias-primas de origem vegetal são as mais utilizadas por artesãos, especialmente tecidos (43%), madeira (21%) e fios (11%).

Referências

Pesquisa com comerciantes de Artesanato. Sebrae, 2013.
Pesquisa “O Artesão Brasileiro”. Sebrae, 2013.

Relatórios completos

Pesquisa com comerciantes de Artesanato. Sebrae, 2013.
Pesquisa “O Artesão Brasileiro”. Sebrae, 2013.

Formalização

Qual é o percentual de informalidade?
Qual é a relação entre assalariados e remunerados pela própria produção?
Qual é a proporção de artesãos que trabalham em um local diferente da própria residência?


Qual é o percentual de informalidade?

3 em cada 5 artesãos ainda não possuem CNPJ e são considerados informais (60%).

Qual é a relação entre assalariados e remunerados pela própria produção?

Somente 16% da mão de obra envolvida na produção têm algum tipo de salário (desconsiderando-se os que não responderam), sendo aproximadamente 77% deles remunerados pela produção.

Qual é a proporção de artesãos que trabalham em um local diferente da própria residência?

Apenas 1 em cada 4 artesãos trabalha em um local diferente da própria residência, o que pode denotar a necessidade de apoio e de mais profissionalização, considerando o longo tempo no exercício desse ofício.

Referências

Pesquisa com comerciantes de Artesanato. Sebrae, 2013.
Pesquisa “O Artesão Brasileiro”. Sebrae, 2013.

Relatórios completos

Pesquisa com comerciantes de Artesanato. Sebrae, 2013.
Pesquisa “O Artesão Brasileiro”. Sebrae, 2013.

Artesanato e meio ambiente
Qual é a proporção de matéria prima utilizada é advinda de resíduos ou do meio ambiente?
Quantos artesãos desenvolvem alguma ação de manejo para a conservação do meio ambiente?
Qual é a relação entre a prática de manejo para conservação do meio ambiente com a escolaridade do artesão?


Qual é a proporção de matéria prima utilizada é advinda de resíduos ou do meio ambiente?

Praticamente 75% de toda a matéria prima utilizada é ‘comprada’ pelos artesãos, sendo os resíduos ou o próprio meio ambiente responsáveis por somente 17%.

Quantos artesãos desenvolvem alguma ação de manejo para a conservação do meio ambiente?

Praticamente 3 em cada 5 artesãos (60%) desenvolvem alguma ação de manejo para a conservação do meio ambiente.

Qual é a relação entre a prática de manejo para conservação do meio ambiente com a escolaridade do artesão?

Existe uma forte correlação da prática de manejo com a instrução do artesão, com uma variação que pode alcançar até 35% de variação entre os extremos.

Referências

Pesquisa com comerciantes de Artesanato. Sebrae, 2013.
Pesquisa “O Artesão Brasileiro”. Sebrae, 2013.

Relatórios completos

Pesquisa com comerciantes de Artesanato. Sebrae, 2013.
Pesquisa “O Artesão Brasileiro”. Sebrae, 2013.

Clientes de artesanato
Qual é o perfil preponderante dos clientes de artesanato?


Qual é o perfil preponderante dos clientes de artesanato?

Os diferentes destinos das vendas de certa forma sinalizam um potencial de crescimento da comercialização, na medida em que atualmente o grande consumidor ainda seria o morador local e da proximidade.

Na medida em que a cultura local, a história das técnicas e outros elementos do folclore de cada produto fossem divulgados e difundidos, provavelmente as vendas, tanto para os turistas como para as lojas, possam ser expressivamente incrementadas

Referências

Pesquisa com comerciantes de Artesanato. Sebrae, 2013.
Pesquisa “O Artesão Brasileiro”. Sebrae, 2013.

Relatórios completos

Pesquisa com comerciantes de Artesanato. Sebrae, 2013.
Pesquisa “O Artesão Brasileiro”. Sebrae, 2013.

Vendas
Quais são os meses de maior venda?
Quais são as estratégias utilizadas pelos artesãos para tornar seus produtos mais atrativos?
Qual é a demanda por artesanato religioso?
Como os artesãos veem os próprios produtos com relação à concorrência?
Quantos artesãos ainda não possuem e-mail?
Quantos artesãos não possuem loja virtual?
Qual é a proporção de artesãos que exportam ou pretendem exportar?
Qual é a relação entre perfil socioeconômico do comerciante e o produto adquirido?


Quais são os meses de maior venda?

Os três últimos meses do ano representam um aumento significativo no volume das vendas, concentrando 63% do que é vendido ao longo do ano.

Quais são as estratégias utilizadas pelos artesãos para tornar seus produtos mais atrativos?

Os aspectos citados como aqueles capazes de tornar o artesanato mais atrativo foram: qualidade, preço e design. Os demais pontos mencionados foram citados por menos de 5% dos entrevistados e incluem embalagem, divulgação, variedade, pontualidade na entrega e criatividade.

Qual é a demanda por artesanato religioso?

O artesanato religioso é citado como o mais vendido por 10% dos comerciantes com renda de até 6 salários mínimos. Não houve citações em outras faixas de renda.

Como os artesãos veem os próprios produtos com relação à concorrência?

A maioria dos artesãos acredita que, pelo menos em parte, seus produtos se diferenciam dos da concorrência.

Quantos artesãos ainda não possuem e-mail?

Cerca de um quarto dos artesãos ainda não possui um e-mail.

Quantos artesãos não possuem loja virtual?

Menos de um a cada dez artesãos possuem algum tipo de loja virtual.

Qual é a proporção de artesãos que exportam ou pretendem exportar?

Surpreende que 7% desses artesãos ainda exportem, e que 1 em cada 4 desses entrevistados já tenha tido experiência com essa forma de comercialização, o que não deixa de ser um bom ponto de partida, ainda mais se for considerado que metade desse universo se interessa pela possibilidade.

Qual é a relação entre perfil socioeconômico do comerciante e o produto vendido?

Com relação aos principais produtos vendidos, para vários tipos de artesanato existe uma relação com o perfil socioeconômico do comerciante. Peças decorativas são o principal produto daqueles que ganham até 6 salários mínimos, enquanto os com maior renda tendem a comercializar itens de vestuário.



Referências

Pesquisa com comerciantes de Artesanato. Sebrae, 2013.
Pesquisa “O Artesão Brasileiro”. Sebrae, 2013.

Relatórios completos

Pesquisa com comerciantes de Artesanato. Sebrae, 2013.
Pesquisa “O Artesão Brasileiro”. Sebrae, 2013.

Divulgação
Qual é o meio de comunicação mais utilizado pelos artesãos?
Qual é a principal forma de divulgação do produto?


Qual é o meio de comunicação mais utilizado pelos artesãos?

Quando perguntados qual meio de comunicação mais utilizam para se informar, 64% dos artesãos citaram a internet, 40% a TV e 28% as revistas.

Qual é a principal forma de divulgação do produto?

A venda pessoal ainda é a forma mais comum de divulgação, mas cerca de um quarto dos artesãos já utiliza a internet para divulgar seus produtos.

Referências

Pesquisa com comerciantes de Artesanato. Sebrae, 2013.
Pesquisa “O Artesão Brasileiro”. Sebrae, 2013.

Relatórios completos

Pesquisa com comerciantes de Artesanato. Sebrae, 2013.
Pesquisa “O Artesão Brasileiro”. Sebrae, 2013.

O Sebrae no contexto do artesanato
Qual é a proporção de artesãos que recebem ou já receberam o atendimento do Sebrae?


Qual é a proporção de artesãos que recebem ou já receberam o atendimento do Sebrae?

Mais de 3 em cada 5 artesãos brasileiros já foram atendidos pelo Sebrae.

Referências

Pesquisa com comerciantes de Artesanato. Sebrae, 2013.
Pesquisa “O Artesão Brasileiro”. Sebrae, 2013.

Relatórios completos

Pesquisa com comerciantes de Artesanato. Sebrae, 2013.
Pesquisa “O Artesão Brasileiro”. Sebrae, 2013.