Terceirização

A terceirização trata da aquisição de mão de obra sem vínculo empregatício com a empresa contratante. 

Assunto disponibilizado pela Unidade de Gestão Estratégica do Sebrae Nacional


Índice

Como as grandes empresas industriais veem a terceirização das atividades fim?
Como as Micro e Pequenas Empresas veem a terceirização das atividades fim?
Qual é a proporção de MPE que ve a terceirização da atividade fim como oportunidade de mercado, por setor?
Qual é a proporção de MPE que tem interesse em terceirizar as suas atividades fim, por setor?
Como as grandes e médias empresas veem a terceirização?
A terceirização é muito praticada pelas grandes empresas?

Relatórios Completos

Referências


Como as grandes empresas industriais veem a terceirização das atividades fim?

A terceirização das atividades fim é bem avaliada pelas grandes empresas da indústria. Segundo pesquisa da FIESP de 2015, 91% das grandes empresas industriais são favoráveis à regulamentação da terceirização e 87% já utilizaram algum tipo de terceirização. Porém, 53% já deixaram de utilizar a terceirização devido à insegurança jurídica e 38% já deixaram de utilizar devido à ações trabalhistas. Esses dados indicam que o potencial de terceirização ainda é grande nas grandes empresas industriais. [1]

Como as Micro e Pequenas Empresas veem a terceirização das atividades fim?

Para 41% das Micro e Pequenas Empresas (MPE), a terceirização das atividades fim pode gerar oportunidades de mercado para essas empresas. E, se fosse permitido pela lei, 21% das MPE teriam interesse em terceirizar parte de suas atividades. [2]

Qual é a proporção de MPE que ve a terceirização da atividade fim como oportunidade de mercado, por setor?

Por setor de atividades, o setor de serviços é o que apresenta maior proporção de MPE que vê a terceirização das atividades fim como oportunidades de mercado para seu negócio (43%), seguida pelas MPE da construção (41%), do comércio (41%) e da indústria (33%). [1]

Qual é a proporção de MPE que tem interesse em terceirizar as suas atividades fim, por setor?

Por setor de atividades, o setor da construção é o que apresenta maior proporção de MPE que tem interesse na terceirização de parte de suas atividades fim (25%), seguida pelas MPE do setor de serviços (23%), do comércio (21%) e da indústria (19%). [2]

Como as grandes e médias empresas veem a terceirização?

Pesquisa realizada com 2667 empresas grandes e médias (95%) do setor privado (92%).  92% das empresas entrevistadas entendem que a terceirização é uma tendência mundial do processo de modernização dos negócios. 93% já aplicaram ou aplicam algum tipo de serviço terceirizado.

As principais atividades onde foram implantados serviços terceirizados são: limpeza e conservação, manutenção predial, vigilância e segurança, auditoria interna e área jurídica.  As principais vantagens percebidas pelas empresas foram o foco maior no core business, redução dos custos operacionais, revisão da estrutura organizacional e da cultura da empresa.

Cerca de um terço (34%) das empresas afirmaram que já tiveram algum problema trabalhista com as contratação de serviços terceirizados. [3]

A terceirização é muito praticada pelas grandes empresas?

O estudo apresenta percentual de terceirização em cada uma das 12 empresas grandes pesquisadas. Serviços de apoio contam com 22% a 70% de terceirização, serviços de pessoal de 20% a 100%, serviços de informática de 0% a 100%, área produtiva 0% a 31%, área comercial de 0% a 12% e área de Logística de 0% a 100%. [4]

Infográfico-Terceirização

Relatórios completos

Relatório especial – Terceirização
Terceirização da mão de obra

Referências

[1] Terceirização da Mão de Obra. Sebrae, 2017.

[2] Relatório especial – Terceirização. Sebrae, 2015.

[3] Lívio Giosa. (2010). “V Pesquisa Nacional sobre terceirização nas empresas”. CENAM.

[4] Myrian Constantino de Almeida Valença & Allan Claudius Queiroz Barbosa. (2002). “A Terceirização e seus Impactos: Um Estudo em Grandes Organizações de Minas Gerais”. RAC, v. 6, n. 1, Jan./Abr. 2002: 163-185