Perfil do Produtor Rural

Estima-se que o Brasil tenha cerca de 4,4 milhões de produtores rurais. Nesse assunto, serão apresentadas as principais características desses empreendedores. 

Assunto disponibilizado pela Unidade de Gestão Estratégica do Sebrae Nacional


Índice

Quantos produtores rurais existem no Brasil?
Como evoluiu o número de produtores rurais, no Brasil?
Houve mudança na participação feminina no total de produtores rurais?
Qual é o nível de escolaridade dos produtores rurais?
Como evoluiu o nível de escolaridade dos produtores rurais?
Em que faixa de idade se encontram os produtores rurais?
Qual é o rendimento médio mensal do produtor rural?
Com que idade o produtor rural começou a trabalhar?
Onde estão os produtores rurais?

Referências


Quantos produtores rurais existem no Brasil?

Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD), realizada pelo IBGE, em 2014, existiam cerca de 4,4 milhões de produtores rurais. Eles representavam 18% do número total de empreendedores existentes no Brasil (24,91 milhões). [1]

Fonte: DataSebrae

 

Como evoluiu o número de produtores rurais, no Brasil?

Por meio da série histórica apresentada no gráfico abaixo, é possível observar que houve queda de 4% no total de produtores rurais do país. Entre 2001 e 2014, o número passou de 4,7 para 4,4 milhões de pessoas (redução de aproximadamente 300 mil pessoas).
Em parte, a queda do número total de produtores rurais está associada ao movimento histórico de êxodo rural (a busca por melhores condições de vida nas cidades) [2], e à modernização do campo. Segundo estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) [3], a redução da população rural nos últimos anos deve-se às inovações tecnológicas ocorridas nos sistemas de produção, na introdução de novos produtos e nas mudanças na política trabalhista brasileira. Entre as inovações adotadas nos últimos anos, destacam-se o uso mais intenso da energia elétrica e a mecanização, em substituição à tração manual. [4]

Fonte: DataSebrae

 

Houve mudança na participação feminina no total de produtores rurais?

Embora as mulheres ainda sejam minoritárias dentro deste segmento, há uma tendência de aumento da participação delas no comando dos negócios rurais. Conforme mostra o gráfico abaixo, entre 2009 e 2014, a participação relativa das mulheres cresceu 3%, passando de 12% para 15%, enquanto a dos homens caiu de 88% para 85%.
Essa tendência, apontada pelos dados da PNAD, é reforçada pela pesquisa da Associação Brasileira de Marketing Rural e Agronegócio (ABMRA), que mostra que o número de mulheres no comando das propriedades rurais tem aumentado, acompanhando o aumento da participação da mulher no mercado de trabalho. [5]

Fonte: DataSebrae

 

Qual é o nível de escolaridade dos produtores rurais?

Os produtores rurais ainda têm baixos níveis de escolaridade. De acordo com o gráfico abaixo, observa-se que 74% deles têm, no máximo, o Ensino Fundamental incompleto, 8% tem o Ensino Fundamental completo, 14% tem Ensino Médio completo ou incompleto e apenas 3% tem Ensino Superior incompleto ou mais.
A título de comparação, enquanto 74% dos produtores rurais têm, no máximo, o Ensino Fundamental incompleto, 45% dos potenciais empresários e apenas 18% dos empresários estão nesta mesma faixa de escolaridade.

Fonte: DataSebrae

 

Como evoluiu o nível de escolaridade dos produtores rurais?

Entre 2007 e 2014, a proporção de produtores rurais com Ensino Superior (completo ou incompleto) passou de 1% para 3% do total, o grupo com Ensino Médio (completo ou incompleto), passou de 8% para 14% e o grupo com Ensino Fundamental completo passou de 6% para 8%.
No sentido inverso, caíram as proporções dos que têm Ensino Fundamental incompleto (de 56% para 52%) e os sem instrução (de 29% para 22%). Apesar da queda destas últimas categorias, em conjunto, elas ainda envolvem aproximadamente 3/4 do universo de produtores rurais.

Fonte: DataSebrae

 

Em que faixa de idade se encontram os produtores rurais?

Segundo dados da PNAD (2014), a média de idade dos produtores rurais era de 48,2 anos. Levando-se em conta as faixas etárias, 26% possuía entre 45 e 54 anos, 21,7% entre 55 e 64 anos e 20% entre 35 e 44 anos. Apenas 18% deles, tinha entre 18 e 34 anos.
Em termos comparativos, trata-se do segmento mais velho, entre os segmentos do público do Sebrae. No caso dos empresários, a média de idade, em 2014, era de 44,7 anos e dos potenciais empresários, 43,7 anos de idade.
[3]

Fonte: DataSebrae

 

Qual é o rendimento médio mensal do produtor rural?

De acordo com dados da PNAD, em 2014, o rendimento médio mensal dos produtores rurais era de R$ 1.184,00, já descontado o efeito da inflação do período. Em 2001, o valor médio recebido por eles, mensalmente, era de R$ 825,00. Ou seja, em um intervalo de 13 anos, houve um aumento de 44% no rendimento médio mensal. Ainda assim, os produtores rurais constituem o segmento de público do Sebrae com o menor rendimento médio. Enquanto, a média de rendimento dos produtores rurais foi R$ 1.184,00, em 2014, no mesmo ano, os potenciais empresários receberam, em média, R$ 1.320,00 (11% a mais) e os empresários R$ 4.101,00 (246% a mais).
Levando-se em consideração as faixas de rendimento, observa-se no gráfico, abaixo, que, em 2014, mais da metade dos produtores rurais recebiam até 1 SM por mês (62%) e apenas 6% recebiam mais de 5 S.M.
O elevado número de indivíduos que atuam sozinhos e em propriedades rurais relativamente pequenas, próximos dos níveis de subsistência, contribui para explicar o baixo rendimento médio mensal dos produtores rurais.

Fontes: DataSebrae

 

Com que idade o produtor rural começou a trabalhar?

De forma geral, os produtores rurais comeram a trabalhar muito jovens. De acordo com dados da PNAD, em torno de 96% deles iniciaram sua vida no trabalho com até 17 anos de idade. Em contrapartida, apenas 3% começaram a trabalhar com 25 anos ou mais.

Fonte: DataSebrae

 

Onde estão os produtores rurais?

Bahia, Minas Gerais, Maranhão e Rio Grande do Sul são os estados brasileiros com o maior número de produtores rurais. [1]

 

Por região, é possível observar no mapa abaixo, que a Nordeste e a Sul possuem a maior concentração de produtores rurais. Aparentemente, a maior concentração de produtores rurais no Nordeste está associada à estrutura fundiária da região, muito fragmentada em um grande número de municípios no interior. O Nordeste é a região com maior número de municípios. A região detém, sozinha, 32% dos 5.570 municípios existentes no Brasil. Já o Sul, com apenas três estados, possui 21% dos municípios do país.

 

Fonte: DataSebrae

 

Referências

[1] Produtores rurais no Brasil – 2001 a 2014, Sebrae, 2016.

[2] CAMARANO, A.A., ABRAMOVAY, R. Êxodo rural, envelhecimento e masculinização do Brasil: panorama dos últimos 50 anos. Rio de Janeiro: IPEA, 1999. (Texto para Discussão, n. 621).

[3] VIEIRA FILHO, J.; GASQUES, J.; SOUSA, A. Agricultura e crescimento: cenários e projeções. Brasília: Ipea, 2011. (Texto para Discussão, n. 1642)..

[4] GUANZIROLII.C.E.; BUAINAINII, A.M.; SABBATO, A.D. Dez anos de evolução da agricultura familiar no Brasil: (1996 e 2006). Revista de Economia e Sociologia Rural. v.50, n.2, 2012. .

[5] 6ª Edição da Pesquisa Comportamental e Hábitos de Mídia do Produtor Rural Brasileiro 2013-2014, realizada quadrienalmente pela ABMRA..