.

IG – Vale dos Vinhedos: Indicação de Procedência

Os vinhos finos e espumantes do Vale dos Vinhedos trazem 140 anos de história da imigração italiana no Brasil. A bagagem histórica e cultural desta região proporciona um ambiente raro e rico, onde o homem de origem italiana, religioso por tradição, elabora um produto que, há mais de um século, abastece a mesa de sua família e de apreciadores de vinho de todo Brasil e também do mundo.

Este assunto é de responsabilidade da Unidade de Inovação. 17 de Abril de 2018


1 / 6

2 / 6

3 / 6

4 / 6

5 / 6

6 / 6


Vinhedos.
Vinho do Vale dos Vinhedos.
Trabalhadores.
Vista do Vale dos Vinhedos.
Uvas da indicação geográfica.
Marca visual.

Sobre a Indicação Geográfica


O Vale dos Vinhedos, colonizado em meados de 1875 por imigrantes italianos, vindos em sua maioria das regiões de Trento e Vêneto, reúne diversas características que o distingue dos demais. O legado histórico e cultural deixado por esses imigrantes está enraizado nas pessoas, nos costumes e, até mesmo, na paisagem do Vale dos Vinhedos. A construção de capelas, a devoção aos santos, o dialeto vêneto e, principalmente, o cultivo da videira e a produção do vinho são marcas da imigração.


A beleza e o aconchego do Vale dos Vinhedos, assim como seu colorido, perfume e romantismo são claramente sentidos por quem o visita. As estações do ano podem ser claramente percebidas devido à explícita transformação do cenário natural. Na primavera e no verão, os vinhedos formam verdadeiros tapetes verdes. Os vales, cheios de parreirais, carregam uvas de diversas variedades. Com a chegada do outono, o cenário ganha tons mais avermelhados. Já no inverno, os dias de neblina remetem a um clima europeu. O Vale dos Vinhedos possui uma área total de 8.112,30 hectares. Desta área, 26% é plantada com vinhedos.


É autorizada a produção de vinhos finos, dos tipos tintos, brancos e espumantes, com requisitos definidos de produção, controlados pelo Conselho Regulador da Indicação de Procedência, formado por seis representantes de associados da Aprovale, dois representantes de entidades técnico-científicas e um representante de consumidores.

Para a produção do vinho, é autorizado o cultivo de 12 cultivares de Vitis vinifera L. tintas e 11 de uvas brancas, sendo permitido o rendimento máximo de 150 hectolitros por hectare. Os produtos da Indicação de Procedência são elaborados com, no mínimo, 85% de uvas produzidas na área delimitada.


Como principais benefícios alcançados pela Indicação de Procedência Vale dos Vinhedos, pode-se citar a melhoria da gestão do espaço vitícola e a gestão agrovitícola, através do sistema de condução, práticas vitícolas e da qualidade da uva. Com relação ao desenvolvimento territorial, observou-se um aumento do preço das terras, a geração de postos de trabalho e uma melhor gestão territorial. Percebeu-se também uma valorização do vinho pelo mercado. Hoje, a Indicação Geográfica do Vale dos Vinhedos é inclusive reconhecida pela União Europeia.

Atualmente, as vinícolas e demais empreendimentos do Vale dos Vinhedos empregam diretamente mais de 2000 mil pessoas, sem contar as famílias proprietárias e novos empreendedores ligados ao turismo e ao setor vinícola, que passaram a se instalar no roteiro.



Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos – APROVALE
Endereço: RS 444, Km 14.85 – Estrada do Vinho – Bairro Vinosul | Cidade: Bento Gonçalves/RS | CEP: 95.701-430
Telefone: +55 (54) 3451-9601 | Site: www.valedosvinhedos.com.br | E-mail: faleconosco@valedosvinhedos.com.br


Dados Técnicos

Número: IG200002
Indicação Geográfica: Vale dos Vinhedos
UF: Rio Grande do Sul
Requerente: Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos
Produto: Vinhos: tinto, branco e espumante
Data do Registro: 19/11/2002
Delimitação: A região do Vale dos Vinhedos possui uma área total de 81,23Km2, distribuída na sua maior parte no Município de Bento Gonçalves, mas também nos Municípios de Garibaldi e Monte Belo do Sul.