.

IG – São João Del Rei

A cidade de São João Del Rei é marcada pela religiosidade, mantendo viva toda a tradição das procissões, do culto e do soar dos sinos. As peças artesanais em estanho carregam um sentido de natureza simbólica, referente à identidade cultural são-joanense.

Este assunto é de responsabilidade da Unidade de Inovação. 17 de Abril de 2018


1 / 6

2 / 6

3 / 6

4 / 6

5 / 6

6 / 6


Artesanato em estanho.
Peça fabricada em estanho.
Processo de fabricação de peças em estanho.
Fabricação da peça artesanal.
Peça artesanal.
Marca visual.

Sobre a Indicação Geográfica


O estanho já era produzido em São João Del Rei e Tiradentes desde o século XVIII. O uso de estanho na confecção de utensílios domésticos e litúrgicos foi muito difundido nessa região no período colonial. Porém, com o advento dos utensílios de alumínio e outros materiais, o estanho foi substituído, sendo o seu uso mais restrito à liga do bronze.

Somente a partir da década de 1960, com a insistência de um antiquário inglês, John Leonel Walter Somers, que a fabricação de peças de estanho se consolidou. Ele aprendeu a fabricar as peças e ensinou o ofício a outras pessoas. Logo, fábricas de produtos de estanho proliferaram pela cidade mineira.

As produções, no entanto, remontam às mesmas características coloniais do século XVIII, mantendo uma continuidade com o passado. As peças artesanais fabricadas em estanho na cidade de São João Del Rei representam a tradição local, e a identidade histórico-cultural da região.


Escolhida como Capital Brasileira da Cultura, em 2007, São João Del Rei é uma das principais cidades históricas de Minas Gerais, com um vasto patrimônio histórico e cultural. Está posicionada com destaque no Circuito dos Inconfidentes e na Estrada Real.

O conjunto arquitetônico e urbanístico da cidade foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, em 1983. As ladeiras, capelas, igrejas, casarios, os casarões coloniais, as pontes e os Passos da Paixão são magníficas edificações do barroco a composições do gosto rococó, guardando a riqueza do ciclo do ouro.


O estanho é um metal beneficiado a partir da cassiterita, muito macio, o que impede de ser utilizado puro. Por isso, é feita uma liga denominada como “pewter”, que contém de 90 a 98% de estanho, sendo o restante composto por 1 a 8 % de antimônio e 0,25 a 3% de cobre.

O artesanato em estanho de São João Del Rei tem características barrocas, peças sacras e os utensílios domésticos possuem design colonial. O estanho de design colonial é um produto que reforça a identidade cultural de São João Del Rei. Nas peças sacras, são mantidas as formas arredondadas da religiosidade são-joanense. Estes aspectos agregam valor ao produto na medida em que o estanho traz a representação da cidade em si.


O fortalecimento do grupo de artesãos, o aumento da competitividade e atratividade do produto, o produtor como agente formador de uma identidade coletiva e a construção de um acervo para a comunidade, tudo isso consolida a tradição no favorecimento do desenvolvimento regional.

A cidade possui 10 fábricas, com uma produção de 5 mil peças/mês. O faturamento médio das empresas é na ordem de R$ 150 mil por mês, gerando pelo menos 80 empregos diretos, alem do montante de R$ 15 mil mensais de impostos para o município.

As peças em estanho são uma expressão de um patrimônio imaterial relacionado ao saber-fazer artesanal, com as características identitárias e culturais próprias da cidade de São João Del Rei.



Associação dos Artesãos de Peças em Estanho de São João Del Rei – AAPE
Endereço: Av. Trinta e Um de Março, 242/246 – Colônia do Marçal | Cidade: São João Del Rei/MG | CEP: 36.302-016
Telefone: +55 (32) 3371-8292 | E-mail: faemam@faemam.com.br


Dados Técnicos

Número: IG201010
Indicação Geográfica: São João Del Rei
UF: Minas Gerais
Requerente: Associação dos Artesãos de Peças em Estanho de São João Del Rei
Produto: Peças artesanais em estanho
Data do Registro: 07/02/2012
Delimitação: A área delimita coincide com a área do Município de São João Del Rei.