.

IG – Região São Bento De Urânia

O território de São Bento de Urânia é tão propício para o cultivo de inhame que ao longo do tempo a região desenvolveu a sua própria cultivar do tubérculo, o Inhame São Bento. Uma tradição que fez com que hoje a região seja conhecida nacionalmente como a capital do inhame.

Este assunto é de responsabilidade da Unidade de Inovação. 20 de Julho de 2018


1 / 6

2 / 6

3 / 6

4 / 6

5 / 6

6 / 6


Sistema de irrigação do inhame de São Bento de Urânia.
 Inhame.
 Inhame servido como petisco.
 Inhame da indicação geográfica.
 Produtor da indicação geográfica.
 Marca visual.

Sobre a Indicação Geográfica


A história do cultivo de inhame na região de São Bento de Urânia se inicia com a chegada de imigrantes italianos na região, por volta do ano de 1887. Inicialmente, a cultura do inhame localizava-se em brejos, cerca de córregos, mas ao longo do tempo foi verificando que a plantação era mais viável em terrenos secos, devido à facilidade do plantio e colheita.

Dentre as variedades de inhame plantadas em território capixaba estão o Inhame Chinês; Inhame Branco do Brejo; Inhame Rosa Italiano. Atualmente, a região também conta com o Inhame São Bento, cultivar de inhame genuinamente capixaba, que apresenta produtividade superior às outras variedades.

São Bento de Urânia ganhou esse nome devido à existência de minas de urânio e também de pedras preciosas. Seu lema é “ora e labora”, ou seja, oração e trabalho, o que demonstra o caráter religioso dos moradores da região.


São Bento de Urânia faz parte da zona rural de Alfredo Chaves, município capixaba, localizado ao sul do estado. A região é um dos maiores produtores de inhame do Brasil e por isso o município de Alfredo Chaves é conhecido como a Capital do Inhame, sendo que cerca de 80% dessa produção vem da região de São Bento de Urânia.

A região apresenta clima ameno e solo arenoso, propício para a plantação de inhame. A temperatura da região varia de 2 graus Celsius no inverno a 30 graus no verão e a altitude da área de plantio está entre 800 e 1200 metros. O relevo da região consiste tanto em planícies próximas ao rio quanto em áreas montanhosas.


Originário do sudeste asiático, o inhame é plantado desde a antiguidade. Este tubérculo possui elevado valor nutritivo e energético, contendo vitaminas e sais minerais. O inhame contém grânulos pequenos, assim é um alimento de fácil digestibilidade.

Somente podem utilizar o selo da Indicação Geográfica São Bento de Urânia os inhames da variedade São Bento. Essa variedade foi registrada como cultivar no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), em 2008, pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper).


O inhame já faz parte da economia e da cultura de São Bento de Urânia. O plantio e comercialização do inhame é um importante fator de geração de emprego e renda para as famílias, e desde 2007 é realizada anualmente a Festa do Inhame, que comemora o início do ciclo da colheita do tubérculo. Há também uma governança local de instituições de apoio que auxiliam os produtores nos quesitos de boas práticas agrícolas, produtividade e qualidade.


Associação dos Produtores de Inhame São Bento do Espirito Santo – APISBES
Endereço: Sítio Cantina Italiana Gratieri, S/N, Distrito de Urânia | Cidade: Alfredo Chaves/ES | CEP: 29.240-000


Dados Técnicos

Número: BR402014000004-2
Indicação Geográfica: Região São Bento de Urânia
UF: Espírito Santo
Requerente: Associação dos Produtores de Inhame São Bento do Espirito Santo – APISBES
Produto: Inhame
Data do Registro: 20/09/2016
Delimitação: A área delimitada da Indicação de Procedência “Região São Bento de Urânia” para inhame abrange os municípios de Alfredo Chaves, Castelo, Domingos Martins, Marechal Floriano, Venda Nova do Imigrante e Vargem Alta conforme laudo da delimitação da área.