.

IG – Região da Própolis Verde de Minas Gerais

A própolis verde produzida em Minas Gerais é reconhecida mundialmente por suas propriedades medicinais. As características do ambiente e da florada propiciam uma coloração diferenciada e fazem desse produto único no mundo.

Este assunto é de responsabilidade da Unidade de Inovação. 04 de Setembro de 2018


1 / 6

2 / 6

3 / 6

4 / 6

5 / 6

6 / 6


Abelha da região.
Abelhas na colméia.
Processo produtivo da indicação geográfica.
Apicultores e colméias.
Colméia de própolis verde.
Marca visual.

Sobre a Indicação Geográfica


As características topográficas do estado de Minas Gerais conferem à região altitudes elevadas, oscilando de 900 a 1500 metros. O clima predominante no estado é o tropical de altitude, com estações bem definidas, sendo o inverno seco e o verão chuvoso.

As regiões que apresentam produção de própolis verde apresentam solo ácido, com ph variando de 4 a 5,8 e altos teores de ferro, estando presentes em regiões com exploração de minério de ferro. Essa produção é mais presente nas áreas Sul, Centro Oeste e Leste do estado, distribuída em 102 municípios mineiros.


As características topográficas do estado de Minas Gerais conferem à região altitudes elevadas, oscilando de 900 a 1500 metros. O clima predominante no estado é o tropical de altitude, com estações bem definidas, sendo o inverno seco e o verão chuvoso.

As regiões que apresentam produção de própolis verde apresentam solo ácido, com ph variando de 4 a 5,8 e altos teores de ferro, estando presentes em regiões com exploração de minério de ferro. Essa produção é mais presente nas áreas Sul, Centro Oeste e Leste do estado, distribuída em 102 municípios mineiros.

Segundo estudo da Fundação Ezequiel Dias, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), a espécie Baccharis dracunculifolia (alecrim do campo) é a principal fonte de resina para abelhas no estado de Minas Gerais e possui os mesmos marcadores botânicos (tricomas glandulares, tricomas tectores e fragmentos de epiderme) utilizados para a determinação da origem botânica da própolis verde, localizados em seus ápices vegetativos.

Pesquisadores também observaram que o período no qual as abelhas mais coletam essa resina da espécie Baccharis dracunculifolia é o mesmo período da colheita da própolis verde em Minas Gerais. Os solos das regiões mineiras produtoras de própolis verde apresentam um perfil diferenciado, caracterizados pela maior presença de ferro, manganês, cobre, elevada acidez e pouco cálcio e magnésio.


A cor esverdeada da própolis tem relação com a presença da espécie Baccharis dracunculifolia, popularmente conhecida como alecrim do campo. A cor da própolis após retirada da colmeia é verde reluzente para aquelas refrigeradas até oito dias ou verde amarronzada por fora e reluzente por dentro para aquelas refrigeradas até um ano.

Em Minas Gerais, há predominância de abelhas africanizadas da espécie Apis mellifera, que se adaptaram melhor às condições climáticas do Brasil do que outras espécies. É autorizado a alimentação das abelhas com alimentos energéticos, como xarope de açúcar e melado. As colmeias devem apresentar uma distância mínima de 5 km de indústrias, áreas urbanas, rodovias e áreas agrícolas que apresentem o uso de agrotóxicos.


O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) instituiu a denominação de origem Própolis Verde de Minas Gerais, por meio da portaria nº 1.138/2011, considerando esse ativo como indicador de preferência no mercado nacional e internacional e considerando também os diversos estudos científicos realizados sobre a própolis verde produzida em Minas Gerais.


Federação Mineira de Apicultura – FEMAP
Endereço: Rua Rua Hudson, 449 – Jardim Canadá | Cidade: Nova Lima/MG | CEP: 34.000-000
Telefone: +55 (31) 3581-8555 | Site: www.femapmg.com.br


Dados Técnicos

Número: BR412013000005-4
Indicação Geográfica: Região da Própolis Verde de Minas Gerais
UF: Minas Gerais
Requerente: FEMAP – Federação Mineira de Apicultura
Produtos: Própolis verde
Data do Registro: 06/09/2016
Delimitação: A região delimitada “Região da Própolis Verde de Minas Gerais” está compreendida entre as coordenadas 42º50’24”W a 47º24’10”W de longitude e 18º14’02”S a 22º51’18”S de latitude, e é composta por cento e dois municípios conforme anexo único da portaria IMA nº 1603, de 18 de abril de 2016.