.

IG – Paraíba

O algodoeiro é considerado a mais tradicional das culturas do semiárido, existindo na região crescentes estoques de conhecimentos e tecnologias desenvolvidas para o seu cultivo, como é o caso dos têxteis e do algodão naturalmente colorido da Paraíba.

Este assunto é de responsabilidade da Unidade de Inovação. 17 de Abril de 2018


1 / 6

2 / 6

3 / 6

4 / 6

5 / 6

6 / 6


Tecido com algodão da Indicação Geográfica.
 Modelo com vestido em algodão.
 Macaco de pelúcia feito em algodão.
 Modelos de blusas em algodão.
 Bonecas de pelúcia.
 Marca visual.

Sobre a Indicação Geográfica


O desenvolvimento da Paraíba está diretamente ligado à produção de algodão, fibra oriunda da malvaceae Gossypium hirsutum spp. Na década de 1920, a cidade de Campina Grande ficou conhecida como a “Liverpool” brasileira, o segundo pólo de comércio de algodão do planeta.

Na década de 1960, o Nordeste vivia e respirava o algodão, que chegou a ser chamado de “ouro branco”, pela riqueza que gerava. Contudo, na década de 1980, a produção de algodão na Paraíba teve uma queda significativa, motivada pela praga do bicudo, onde o plantio foi praticamente dizimado.

Ainda nos anos de 1980, com a implementação do programa de melhoramento genético, foi originada a primeira variedade de algodão de fibra colorida no Nordeste, que se chama BRS 200, de cor marrom claro. Na década seguinte, houve intensificação destes estudos, e novas cores e melhores fibras foram produzidas. Logo, a Paraíba retoma o plantio com um grande diferencial, o algodão naturalmente colorido.

A fundação do consórcio Natural Fashion e da Cooperativa de Produção Têxtil Afins do Algodão da Paraíba, no início do século XXI, teve papel relevante no fortalecimento das empresas têxteis e na comercialização para o País e para o exterior.


A Paraíba está localizada na posição mais oriental do território brasileiro. O clima úmido no litoral, com chuvas abundantes, torna-se semiárido depois da Serra da Borborema, na direção do interior, com estiagens prolongadas.

O planalto da Borborema é o mais marcante do relevo do Nordeste. Na Paraíba, ele tem um papel fundamental no conjunto do relevo, rede hidrográfica e nos climas. As serras e chapadas atingem altitudes que variam de 300 a 800 metros de altitude.

O algodão é uma das principais culturas, devido à sua capacidade de tolerar a seca e produzir, com pouca água, uma das melhores fibras do mundo.


O algodão naturalmente colorido foi inicialmente desenvolvido pelos incas e astecas há 4.500 anos. Na maioria das
espécies primitivas, o algodão possui fibras coloridas, principalmente na tonalidade marrom.

Esses algodões coloridos, por longos períodos, foram descartados pela indústria mundial, por serem considerados
como contaminação indesejável dos algodões brancos. Estes tipos coloridos, no entanto, foram preservados pelos povos nativos em vários países.

No Brasil, foram coletados plantas de algodoeiros asselvajados, nas tonalidades creme e marrom, em misturas com
algodoeiros brancos. Esses algodões coloridos tinham uso apenas artesanal ou ornamental.

A partir de 1989, desenvolveu-se o trabalho de melhoramento genético, com o objetivo de elevar a resistência das
fibras, a finura, o comprimento e a uniformidade, bem como estabilizar a coloração das fibras nas tonalidades creme e marrom e elevar a sua produtividade no campo.


A cultura do algodão é altamente significativa para a agricultura familiar nordestina, proporcionando uma melhoria na qualidade de vida. As confecções produzidas por pequenos tecelões já são, em sua grande maioria, exportadas para a Europa.

Existe grande quantidade de produtores tradicionais de algodão que foram estimulados pela política de revitalização
da produção dos produtos têxteis do algodão naturalmente colorido da Paraíba.


Cooperativa de produção têxtil de afins do algodão – COOPNATURAL
Endereço: Rodovia 104 km 143 | Cidade: Queimadas/PB | CEP: 58.101-400
Telefone: +55 (83) 3337-7077 | Site: www.naturalfashion.com.br | E-mail: atendimentontf@gmail.com


Dados Técnicos

Número: IG200904
Indicação Geográfica: Paraíba
UF: Paraíba
Requerente: Cooperativa de produção têxtil de afins do algodão
Produto: Têxteis de algodão naturalmente colorido
Data do Registro: 16/10/2012
Delimitação: O estado da Paraíba localizasse na posição mais oriental do território brasileiro, limitando-se ao norte com o Rio Grande do Norte, ao sul com Pernambuco, ao leste com o Oceano Atlântico e a oeste com o Ceará.