.

IG – Maués

Conhecido como a terra do guaraná, Maués ganhou notoriedade mantendo o processo produtivo tradicional e a produção familiar. Nativo da região amazônica, o guaraná encontrou em Maués o lugar ideal para seu plantio e desenvolvimento.

Este assunto é de responsabilidade da Unidade de Inovação. 10 de Agosto de 2018


1 / 6

2 / 6

3 / 6

4 / 6

5 / 6

6 / 6


Guaraná de Maués.
 Estufa.
 Mudas de guaraná.
 Semente do guaraná.
 Semente descascada.
 Marca visual.

Sobre a Indicação Geográfica


Os primeiros habitantes de Maués consistiam nos índios das tribos mundurucus e maués (mawé), que já plantavam o guaraná e utilizavam a bebida para fins medicinais. Na linguagem tupi, Mauuêu se traduz como papagaio curioso, falante ou inteligente. O nome foi adaptado para à língua portuguesa e assim hoje é conhecido como Maués.

Os portugueses chegaram na região por volta de 1639, mas somente em 1892 que foi criado o município de Maués, por meio de lei estadual. A agricultura sempre predominou como atividade econômica na região, principalmente com o guaraná. Em 1963, a empresa Antarctica se instalou na região com uma fábrica de extração de incenso do guaraná.

O cultivo do guaraná no município se intensificou na década de 1980 aliado a chegada de imigrantes de diversas partes do Brasil e do mundo, e assim propiciou um maior desenvolvimento econômico e atração de turistas. Até essa década, o guaraná de Maués correspondia a quase 90% da produção nacional.


Maués está localizado na parte leste do estado do Amazonas, na divisa com o estado do Pará, na margem direita do rio Maués-Açú. A área do município é de aproximadamente 40.000 km², compreendendo 93 comunidades cadastradas no IBGE. O clima é caracterizado por ser tropical chuvoso, ideal para o plantio do guaraná.

O município também é reconhecido pelas suas belezas naturais, como as praias que surgem na época da estiagem, o encontro das águas dos rios Maués-Açú e Urariá, a Floresta Estadual de Maués, a Floresta Nacional do Pau Rosa, o Parque Nacional do Jurena, cachoeiras, grutas, dentre outros.


O guaraná é nativo da floresta amazônica. A palavra vem do termo indígena waraná, que significa árvore que sobe em outra. Consiste em arbusto semi-erecto e lenhoso que se acopla a árvores de grande porte.

O guaraná cultivado em Maués apresenta maior teor de cafeína, entre 3 a 5%. Essa característica fez com a bebida se tornasse conhecida pelos indígenas como “elixir de longa vida”. Atualmente, o principal subproduto do guaraná é a produção de refrigerantes, mas também é transformado em xarope, cosméticos e fármacos.


O guaraná de Maués representa um produto da biodiversidade brasileira e que faz parte de uma tradição iniciada pelas tribos indígenas e mantida até hoje por famílias de produtores. A região já foi responsável por quase toda a produção de guaraná no Brasil, hoje se diferencia no mercado pela sua qualidade e origem.


Associação dos Produtores de Guaraná da Indicação Geográfica de Maués
Endereço: Estrada dos Moraes, km 01, s nº | Cidade: Maués/AM
E-mail: igmaues@gmail.com


Dados Técnicos

Número: BR402015000001-0
Indicação Geográfica: Maués
UF: Amazonas
Requerente: Associação dos Produtores de Guaraná́ da Indicação Geográfica de Maués
Produto: Guaraná
Data do Registro: 16/01/2018
Delimitação: A área delimitada pela Indicação Geográfica Maués corresponde à área circunscrita na região do município de Maués, no Estado do Amazonas, excetuando-se a área da Terra Indígena Andirá́-Maraú, localizada na porção nordeste do Município.