.

IG – Região de Mara Rosa

Os bandeirantes, no início do século XVI, usavam o açafrão para indicar as trilhas das minas e temperar os alimentos. Desta maneira chegaram em Goiás, especificamente na região de Mara Rosa, as primeiras sementes e mudas da especiaria, incorporando-se à vegetação nativa. Hoje, o açafrão de Mara Rosa tornou-se o ouro do cerrado goiano.

Este assunto é de responsabilidade da Unidade de Inovação. 17 de Abril de 2018


1 / 6

2 / 6

3 / 6

4 / 6

5 / 6

6 / 6


Açafrão da região de Mara Rosa pronto para ser comercializado
Flor originária do produto
Plantação de açafrão
Açafrão cúrcuma longa
Açafrão da região de Mara Rosa em etapa final de preparação
Marca visual.

Sobre a Indicação Geográfica


Desde a sua colonização, no século XVIII, as regiões de Mara Rosa, Amaralina, Formoso e Estrela do Norte são conhecidas como o Sertão do Amaro Leite, em alusão ao nome de um dos seus desbravadores, que adentrou terras goianas na busca pelo eldorado.

Nas origens da ocupação, a atividade preponderante era a mineração. Paralelamente, desenvolvia-se uma agricultura
de subsistência. Nesta época, os garimpeiros e os escravos introduziram na região o açafrão e o cúrcuma; os primeiros para marcar as lavras, os segundos como tempero. A planta adaptou-se bem ao solo e ao clima, tal como nativa, nas margens dos córregos e rios da região.

No final do século XIX, com a exaustão das minas, os arraiais goianos dedicavam-se à exploração agropecuária. No entanto, com as populações diminuídas, os ladrões de gado e a resistência dos índios, a região esvaziou-se.

No ano de 1948, com a construção da estrada transbrasiliana, rompeu-se o isolamento e as terras foram ocupadas. Nos anos de 1960, surgiram as primeiras plantações comerciais de açafrão. Por meio da interligação rodoviária, novas demandas pelo produto apareciam por parte das indústrias alimentícias. Desde então, Mara Rosa ganhou fama, sendo conhecida como capital do açafrão.


A área delimitada está localizada na Microrregião de Porangatu, no norte de Goiás. É cortada no sentido Norte-Sul pela rodovia Belém-Brasília, BR 153, intermediando as duas bacias hidrográficas do Rio Araguaia e do Rio Tocantins.

A região possui as condições ideais para o cultivo do açafrão, com um clima tropical úmido, apresentando duas estações bem definidas: uma chuvosa, que ocorre de meados de outubro até meados de abril (que permite o bom desenvolvimento da planta), e outra seca, do final do mês de abril até o final do mês de outubro (que permite uma boa secagem do produto), com temperaturas entre 20°C e 35°C.

A tradição da exploração da cultura do açafrão é favorecida pela disponibilidade da mão de obra na época da colheita, que ocorre de maio a novembro, na entressafra das outras culturas.


O açafrão da região de Mara Rosa pertence à espécie Cúrcuma longa, originária da Índia. Sua produção é usada na indústria de alimentos como temperos, mostarda, condimentos, massas, molhos, margarinas, entre outros. Porém, o produto possui substâncias oxidantes, antimicrobianas e corantes com aplicabilidade nas indústrias cosméticas,
têxtil e farmacológica.

A produção anual da raiz é de cerca de 5 mil toneladas em 250 hectares de área plantada. De acordo com a Cooperativa de Produtores de Açafrão de Mara Rosa (Cooperaçafrão), estima-se que 200 agricultores (300 famílias) vivam da cultura, sendo gerados 800 empregos diretos. A região é responsável por cerca de 90% da produção goiana,
representando 26% da produção nacional.


A Cooperativa dos Produtores de Açafrão de Mara Rosa – COOPERAÇAFRÃO, criada em 2003, possibilitou a articulação
e organização dos produtores, com objetivo social de congregar os agricultores na sua área de ação, no interesse e
na defesa econômica em benefício dos próprios.

O desenvolvimento do Arranjo Produtivo Local (APL) do açafrão, com o objetivo de desenvolver a localidade, de forma
econômica e viável, socialmente justa e ambientalmente correta, demonstra a consolidação e o potencial da região de
Mara Rosa, reconhecida como capital do açafrão.


Cooperativa dos Produtores de Açafrão de Mara Rosa – COOPERAÇAFRÃO
Endereço: Avenida Joaquim Gonçalves | Cidade: Mara Rosa | CEP: 57.070-440
Telefone: +55 (51) 3668-1186 | Site cooperacafrao.blogspot.com | E-mail: aproarroz@aproarroz.com.br


Dados Técnicos

Número: BR402013000006-6
Indicação Geográfica: Mara Rosa
UF: Goiás
Requerente: Cooperativa de Produtores de Açafrão de Mara Rosa (Cooperaçafrão)
Produto: açafrão
Data do Registro: 02/02/2016
Delimitação: a área geográfica abrange os municípios de Mara Rosa, Amaralina, Formoso e Estrela do Norte, com um perímetro de aproximadamente 4.250 km².