.

IG – Cariri Paraibano

A renda renascença era considerada artigo de luxo, havendo suntuoso destaque dessas peças nos trajes masculinos, ao contrário dos dias atuais, onde sua aplicação prevalece nas roupas femininas. E é no Cariri Paraibano, no nordeste brasileiro, onde as rendeiras transformam a cultura local e o fazer artesanal numa potencialidade econômica, confeccionando as tradicionais e famosas renda renascença.

Este assunto é de responsabilidade da Unidade de Inovação. 17 de Abril de 2018


1 / 6

2 / 6

3 / 6

4 / 6

5 / 6

6 / 6


Bordadeira.
Produto bordado.
Tecido bordado.
Processo de fabricação.
Ambiente de trabalho.
Processo de fabricação.

Sobre a Indicação Geográfica


A renda renascença surgiu entre os séculos XV e XVI. O seu modo de fazer foi consagrado como símbolo artesanal italiano, na ilha de Burano, em Veneza.

Henrique II, rei da França, usou excessivamente a renda na composição de fraise um colarinho rígido e plissado, para ocultar uma cicatriz no pescoço. O uso dessa renda pela realeza tornou-se moda, sendo amplamente usada na época, chegando à burguesia no século XVII.

Foi no século XIX, com a ocupação do Convento Santa Teresa, por religiosas francesas, que a renda renascença chega ao nordeste do Brasil. Essas freiras ficaram famosas por serem as únicas a confeccionar um excelente bordado.

O saber fazer desse artesanato foi por séculos um segredo. No entanto, na década de 1930, esse conhecimento chegou às mulheres mais humildes. Era chegado o momento da renda renascença se espalhar pela região, transformando-se em grande patrimônio cultural nacional.


O Cariri Paraibano é uma região localizada na franja ocidental do Planalto da Borborema, na Paraíba. Esse conjunto de terras elevadas, com altitudes que variam de 400 a 700m, influencia diretamente nas características fisiográficas da região.

O clima semiárido, com uma estação quente e seca no inverno e outra quente e com chuvas no verão, de forte insolação, e a temperatura elevada fazem do Cariri uma das áreas mais secas do país. Os solos são poucos desenvolvidos, rasos e pedregosos. Os rios que cortam ou nascem no Cariri são temporários.

O meio geográfico não foi favorável para o plantio, mas foi fértil o suficiente para o enraizamento da renda renascença.


O fazer artesanal da renda renascença tem atributos próprios das rendeiras, tais como delicadeza, paciência e destreza com as mãos.

A renda renascença é confeccionada com agulha, linha e lacê de algodão. O lacê tem para as rendeiras do Cariri Paraibano um significado muito fort porque serve para identificar a renda local. Além do lacê, outras linhas e papéis se acrescentam à renda.

São mais de 100 tipos de pontos de renda, todos devidamente catalogados. Os tipos de rendas produzidos na região se diferenciam das demais localidades, pois já estão inseridos e absorvidos pela cultura local.


A produção de renda renascença foi responsável pela inserção das mulheres da região no mercado de trabalho. A atividade artesanal da renda renascença representa, freqüentemente, a única fonte de receita para um expressivo número de famílias.

A partir do ano 2000, esta atividade se tornou um importante suporte econômico para a região, constituindo-se, também, como uma atração para o crescimento do turismo.

Nas oficinas instaladas, mulheres recebem orientações baseadas nas memórias de ofícios das rendeiras da região. Através dos seus trabalhos, os traços da cultura nordestina, seus costumes, crenças e tradições, são preservados, na renda renascença do Cariri Paraibano.



Conselho das Associações, Cooperativas, Empresas e Entidades Vinculadas a Renda Renascença – CONARENDA
Endereço: Rua Projetada, 12 – Vila Santa Maria | Cidade: Monteiro/PB | CEP: 58.500-000
Telefone: +55 (83) 9 9671-8679 | E-mail: email@email.com


Dados Técnicos

Número: BR402012000005-5
Indicação Geográfica: Cariri Paraibano
UF: Paraíba
Requerente: Conselho das Associações, Cooperativas, Empresas e Entidades vinculadas a Renda Renascença do Cariri Paraibano – CONARENDA
Produto: Renda renascença
Data do Registro: 24/09/2013
Delimitação: Mista – A delimitação da área da Indicação de Procedência para a produção da Renda Renascença da região conhecida como “Cariri Paraibano” corresponde aos limites políticos dos municípios de Monteiro, Camalaú, São João do Tigre, São Sebastião do Umbuzeiro, Zabelê, Prata, Sumé e Congo.