.

IG – Microrregião Abaíra

A Chapada da Diamantina testemunhou relevantes momentos da história do Brasil, como o ciclo do garimpo e a era do coronelismo. Atualmente, a economia regional é baseada no turismo e na agricultura, com destaque para a produção da famosa cachaça artesanal da Microrregião de Abaíra.

Este assunto é de responsabilidade da Unidade de Inovação. 17 de Abril de 2018


1 / 6

2 / 6

3 / 6

4 / 6

5 / 6

6 / 6


Cachaça Abaíra
Diferentes versões da Cachaça Abaíra
Funcionária segurando a Cachaça Abaíra
Cachaça Abaíra em frente paisagem da região
Escultura em homenagem á indicação geográfica
Marca visual

Sobre a Indicação Geográfica


Os primeiros habitantes da Chapada da Diamantina foram os índios. No século XVII, chegaram os negros e os portugueses, sendo gradativamente povoada por comunidades quilombolas e grandes fazendas. Não tardou a
descoberta do ouro e do diamante, dando início ao ciclo do garimpo, perdurando por quase um século.

No início do século XX, o ciclo do garimpo entrou em decadência e se iniciou a era dos coronéis. A principal figura
desta época foi a do coronel Horácio de Mattos, com memoráveis participações históricas, incluindo a ligação com Lampião e a perseguição à Coluna Prestes.

A história da produção da cachaça de alambique confunde-se com a história da região, com uma tradição de mais de 450 anos. No entanto, não há um consenso sobre o início da produção de cachaça: se foi por iniciativa dos escravos ou dos senhores de engenho.

Na década de 1980, os pequenos produtores, interessados na melhoria do seu produto e de sua produção (que era a mesma desde os tempos coloniais), iniciaram um trabalho de beneficiamento e qualidade. Hoje, a cachaça produzida na Microrregião de Abaíra está entre as melhores do Brasil.


A Microrregião de Abaíra fica a aproximadamente 600 km de Salvador e se caracteriza, basicamente, por uma estação muito seca dos meses de abril a outubro, e outra estação muito chuvosa entre novembro e março.

A região possui uma gama de atrativos culturais, como as festas dos Padroeiros, de Reis, do São João, o Bumba meu boi e o Festival da Cachaça.

O ecoturismo, por sua vez, é muito explorado pela presença de uma rica diversidade biológica e geológica: cachoeiras, rios, serras, cânions e grutas (entre elas, a maior gruta de quartzito do Brasil). A beleza do Parque Nacional da Chapada da Diamantina e dos seus arredores é encantadora.


A cachaça da Microrregião de Abaíra diferencia-se pelo saber fazer dos produtores, que resulta em um produto de qualidade superior. Apresenta uma graduação alcoólica levemente menor e características sensoriais peculiares, associadas à sua origem e ao controle rigoroso de sua produção, que é feito por meio de avaliação físico-química.

A levedura mais usada na produção é natural da região, a Saccharomyces cerevisiae, o que garante um produto de qualidade e melhor rentabilidade. Na destilação, as porções denominadas cauda e cabeça são descartadas, e somente a porção coração (que é a verdadeira cachaça de qualidade) poderá ser armazenada, envasada e rotulada com a Indicação de Procedência (IP) Microrregião de Abaíra.


A IP favoreceu a integração dos produtores das quatro cidades que formam o território da Microrregião de Abaíra: Abaíra, Jussiape, Mucugê e Piatã. A integração promoveu o trabalho coletivo, a sustentabilidade da produção da cachaça de qualidade, o fortalecimento da comercialização e do turismo rural.

A cachaça da Microrregião de Abaíra vem atraindo investimentos e diversos parceiros, nacionais e internacionais. Esta é a prova da valorização da agroindústria familiar, da expansão da plantação da cana, da fabricação da cachaça de qualidade e da mais pura tradição.


Cooperativa dos Produtores Associados de Cana e seus Derivados da Microregião de Abaíra
Endereço: Rodovia BA 148 km 124, Fazenda Salgado | Cidade: Abaíra/BA | CEP: 46.690-000
Telefone: +55 (77) 3476-2348 | E-mail: cooapama@yahoo.com.br


Dados Técnicos

Número: BR402012000001-2
Indicação Geográfica: Microrregião de Abaíra
UF: Bahia
Requerente: Associação dos Produtores de Aguardente de Qualidade da Microrregião Abaíra (Apama)
Produto: aguardente de cana do tipo cachaça
Data do Registro: 14/10/2014
Delimitação: a área está localizada na região da Chapada Diamantina, abrangendo parte dos municípios de Abaíra, Jussiape, Mucugê e Piatã.