Transformação digital no Sistema Sebrae

O Sistema Sebrae está imerso neste cenário: diminuição de receitas, ameaças constantes às fontes de financiamento, aumento da concorrência –  fatores que, dentre outros, apontam para a necessidade do aprimoramento da estratégia de atuação, a revisão do modelo de negócio e a ampliação da sua capacidade de resposta.

O momento exige uma repactuação de papéis e propósitos, a construção coletiva de uma nova perspectiva de futuro e a coesão do Sistema Sebrae em torno dos desafios que se apresentam nessa nova fase.

A proposta de Transformação Digital do Sebrae busca construir o caminho para essa mudança, que somente se viabilizará e produzirá resultados se contar com a participação e engajamento de todos os dirigentes e colaboradores da organização.

Clique aqui para baixar o documento “A Transformação Digital no Sistema Sebrae” 

PlanP-Pax1819

cabecalho-1150

4 perguntas que o seu planejamento precisa responder

Por Karina Souza, com edição de Pedro Henrique Souza

Algumas perguntas não podem ficar fora do seu PPA, elas ajudam a traçar o caminho até os objetivos pretendidos. Pensando nisso, selecionamos as mais frequentes e sugerimos fontes para que você possa encontrar as respostas.

Quem é e quantos fazem parte do público que o meu projeto precisa atender?

Você sabe quantas empresas existirão no seu estado em dezembro de 2017? E qual será a participação dos pequenos negócios nesse universo? Essas informações são imprescindíveis ao seu planejamento e estão disponíveis no documento “O público do Sebrae”. Nele, você encontra projeções do universo de clientes por estado até o ano de 2022, além de informações mais técnicas, como os critérios de classificação de cada um dos nossos públicos. Significa que o documento ajuda a estimar o número de clientes que devem ser atendidos pelo seu projeto e quem são eles.

Em quais municípios está o público que o meu projeto precisa atender?

Saber a classificação e a quantidade de clientes é importante, mas não suficiente. Para que o seu projeto seja realizado da melhor forma possível também é preciso conhecer a localização deles no seu estado. Essa informação está disponível no DataSebrae. Por meio do mapa do número de empresas é possível filtrar setores e CNAEs específicas, visualizando a informação entre cores mais claras e mais escuras. Nesse caso, o gestor da carteira de alimentação fora do lar do estado de Pernambuco, por exemplo, perceberia que as cidades de Petrolina, Serra Talhada, Araripina e Salgueiro não podem ficar de fora. Elas têm a maior concentração de lanchonetes entre os municípios do sertão pernambucano, como mostra a imagem abaixo.

De modo mais abrangente, as unidades de atendimento setorial podem priorizar municípios do seu estado. Isso porque o DataSebrae também destaca os setores econômicos predominantes em cada município, de acordo com a participação no PIB.

Qual é o potencial dos municípios para o público do meu projeto?

Medir o potencial dos municípios para uma determinada atividade econômica é parte do trabalho de planejamento. Isso porque, além da concentração de empresas de uma mesma CNAE, também é importante identificar as chances de crescimento e continuidade desses negócios, para não esbarrar nos limites do mercado local.

O DataSebrae também pode ajudar nessa questão. Nele, estão estimativas sobre o número de habitantes de cada município, além da renda média, nível de escolaridade e faixa etária. Essas informações ainda podem ser complementadas por dados como a arrecadação total dos principais impostos.

Outra ferramenta de grande valia nesse contexto é o painel de densidade e atratividade. Por meio dele, é possível avaliar o crescimento e a quantidade de empresas de cada um dos portes de pequenos negócios por setor e atividade econômica.

O que ajuda e o que atrapalha o público que pretendo atender?

Um projeto só é bem-sucedido se puder resolver problemas dos clientes que atende. Sendo assim, podemos começar identificando quais são as principais dificuldades desse público. Para isso, a página Gestão Estratégica do Conexão Sebrae disponibiliza diversas pesquisas. Ela é um diretório para temas que vão desde aspectos específicos como o universo da moda plus size, até cenários mais abrangentes como aqueles revelados pela pesquisa GEM (Global Entrepreneurship Monitor). Esta última retrata o empreendedorismo brasileiro por meio de características demográficas e comportamentais dos empreendedores.

 

Veja as outras notícias desta edição do Gestão em Foco
Um é mais smart e o outro é mais fone
O MEI não é quem você conhece